Casanova Residence: um achado da Ilha da Gigóia

09/10/2019 0 Por Natália Alves

Casanova Residence – Ilha da Gigóia

O Rio fora do Rio

Não é de hoje que eu canto a bola de que a Ilha da Gigóia é o Rio fora do Rio. Afinal, a pequena ilha localizada na Barra da Tijuca foge a todos os padrões aos quais estamos acostumados na grande capital, ou selva de pedra como achar melhor. Com vielas bucólicas, bares e restaurantes na beira do rio, com toda carteza o tempo por aqui parece correr em outra dimensão. Aliás, já rolou um post especial sobre esse lugar encantador que você pode conferir aqui. A particularidade da ilha chega a níveis tais que ela é inclusive conhecida como a Veneza ou Pantanal carioca!

Onde se hospedar na Ilha da Gigóia?

Inegavelmente apaixonadas pelo lugar, só faltava desbravarmos dicas de hospedagem por aqui, uma vez que já esquadrinhamos – quase – todos os lugares. E foi aí que achei o Casanova Residence . Trata-se de uma guest house na beira do rio, com quartos exuberantes com vista de babar e um jardim com luzes amarelinhas. O lugar funciona como pousada/hostel, oferecendo nas 5 suítes opções de quartos para casais e solteiros com até 3 camas em uma casa com três andares e uma sala e cozinha compartilhadas. O local funciona também como produtora nos dias de semana. Além dos quartos bem bonitos, a sala é muito aconchegante e conta com diversos títulos de filmes e séries para assistir e livros para ler, por isso quem vier para cá pode se preparar para noites de muito descanso. Em época de frio rola até fondue de carne, queijo e chocolate mediante reserva.

Cozinha e sala de estar do Casanova Residence/ Foto Divulgação

Casanova Residence – Ilha da Gigóia/Foto divulgação

Os quartos são uma atração a parte. Nós ficamos na suíte Paris com decoração temática da Cidade Luz e uma vista linda com varanda para a Ilha. Essa é uma ótima suíte para noite de núpcias, aliás, por falar nisso, eles fazem decoração romântica em vários quartos para os casais apaixonados e fica simplesmente LINDO!

Suíte Casanova Residence/Foto Divulgação

Café da manhã aberto ao público

Outra coisa legal para quem vai ao Casanova é que eles possuem café da manhã para não hóspedes mediante reserva no valor de R$50,00 por pessoa. É um lugar muito agradável para iniciar a manhã e uma boa maneira de começar as andanças pela Ilha. Quando fomos ainda era bem simples e custava R$35,00 por pessoa, porém agora eles incrementaram com novidades e mais opções de bolos e pães. Ele funciona no sistema a la carte e não buffet. Vale muito a pena por ser um lugar diferente e mais tranquilo do que o resto da cidade.

Café da manhã no Casanova Residente

Manhã agradável no Casanova Residence

Lounge na parte superior

Já na parte superior da pousada, existe outro espaço de convivência que pode vir a ser um bar aberto para não hóspedes também, já que hoje funciona como lounge. Inclusive seria bem legal se funcionasse como um rooftop para festas e outros tipos de evento. Ia ser mais uma ótima opção de noite na Ilha, inclusive para os próprios hóspedes. Ah! Apesar do espaço, eles não possuem piscina.

Casanova Residence/Foto Divulgação

E já que falamos de diversão, a ilha conta com diversos bares e restaurantes, porém a maioria só funciona de quinta a domingo. Além das opções gastronômicas (saiba mais aqui e aqui), também tem passeio de barco para ver jacarés (R$25,00 por pessoa).

Como chegar

Para chegar é muito simples, basta pegar o metrô, descer na estação Jardim Oceânico saída A (Lagoa) na Barra da Tijuca (lado da UNIMED) e se encaminhar para o cais. A travessia até a entrada da ilha custa R$2,00 ou R$5,00 se já quiser desembocar na entrada do Casanova Residence. Para quem vai de carro, existe um estacionamento próximo ao terminal do ponto de ônibus em frente ao Condado de Cascais, o que dá cerca de 5 minutos andando até o cais de onde saem os barcos.

Compartilhe esse post: